Escalada: Uma Alternativa para Crianças com Sobrepeso

Inicialmente praticada como atividade recreativa, a escalada indoor é agora um esporte de elite, estando presentando nos jogos olímpicos do Japão em 2020.

Essa crescente popularidade fez com que diversos centros de escalada fossem abertos, facilitando o acesso de crianças e adultos ao esporte, e estimulando famílias a mudarem seus hábitos.

Além da recente popularidade e da mudança de hábitos, outros pontos caracterizam este esporte como único.

Um deles é o fato da escalada indoor abrir as portas para a escalada em rocha, o que contribui para que cada vez mais famílias pratiquem o montanhismo.

No entanto, o estereótipo do escalador pode gerar um certo desconforto em crianças e adolescentes que não se enquadrem neste perfil, por exemplo:

Crianças e Adolescentes com Sobrepeso e Obesidade.

Neste sentido, decidimos trabalhar uma questão geralmente esquecida: a inclusão.

Portanto, neste artigo apresentaremos algumas evidências demonstrando os benefícios da escalada como alternativa esportiva para crianças e adolescentes com sobrepeso e obesidade.

Devido ao fato da escalada ser o terceiro esporte mais completo do mundo (como já tratamos neste artigo), provavelmente seu maior benefício seja a melhora na condição física geral. Além disso, a modalidade contribui para o desenvolvimento da força de antebraços, pernas e core, auxiliando no crescimento e desenvolvimento infantil.

Para provar essas hipóteses, o estudo realizado por Rodrigez, et al (2014), demonstrou que crianças que iniciam exercícios de força (como a escalada) antes do período puberal apresentam maior crescimento ósseo e desenvolvimento muscular do que crianças sedentárias.

Já em relação ao sobrepeso e obesidade, um estudo realizado por Maffulli, et al (2010), reportou uma relação inversamente proporcional entre exercícios físicos e riscos cardiovasculares como: triglicerídeos, colesterol total, glicose e resistência à insulina, suportando a ideia de que exercícios como a escalada talvez exerçam um efeito positivo sobre o status de saúde geral, e não apenas na força e coordenação motora.

Portanto, embora o problema seja complexo, um programa de treinamento infantil bem estruturado talvez apresente um importante papel nas estratégias de perda de peso.

Além disso, a participação de crianças com sobrepeso e obesidade em esportes como a escalada pode promover ganhos que vão além da aptidão física, como aumento da confiança e principalmente autoestima

Caso tenha alguma sugestão, dúvida ou comentário sobre o artigo escreva logo abaixo que iremos lhe responder.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.